Sofrência – Entenda esse Estilo do Sertanejo 2020

Provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre o popular estilo musical chamado de sofrência, certo? Mas você sabe quais são as músicas que se encaixam nesse estilo, onde elas tocam, quais os cantores que estão bombando com as suas sofrências? Fizemos este texto para te contar tudo isso e para você por dentro desse estilo tão popular.

Não se sabe ao certo a origem da palavra sofrência, pois ela já existe há muitos anos e se trata de um neologismo da língua portuguesa. É possível que a palavra seja a junção de duas outras palavras: sofrimento e carência; bom, isso faz muito sentido, né? E através disso conseguimos ter uma noção de como são as músicas.

Já o estilo musical sofrência, diferente do que muitas pessoas pensam, não é algo novo, pois surgiu na década de 70, com duplas como Leandro e Leonardo, Chitãozinho e Xororó e diversas outras. O estilo foi desaparecendo aos poucos, até que nos anos 90 já não se ouvia mais com tanta frequência essas músicas, que se encaixam perfeitamente com a definição de “sofrência” que ouvimos atualmente. O uso do termo sofrência, no entanto, é mais utilizado pelo público jovem, e não encontraremos pessoas se referindo a musicas de Leandro e Leonardo, por exemplo, como uma sofrência.

Chitãozinho e Chororó

Bruno e Marrone

O estilo voltou a ganhar força, depois dos lançamentos das músicas  “Fui Fiel” e “Homem Não Chora”, do cantor Pablo do Arrocha. As músicas fizeram  muito sucesso e o termo sofrência passou a ser mais utilizando, tornando-se uma das vertentes da música Sertaneja, e tem como característica a mistura dos estilos sertanejo, brega e arrocha.

As músicas de sofrência, em geral, falam de histórias de amor que já terminaram – e não foi de uma boa maneira – e de pessoas que sofrem com saudade de ex. Esse estilo não agrada a todas as pessoas, mas é bastante popular e suas letras sempre se encaixam na vida de alguém que está passando por um término.

A sofrência foi ganhando popularidade e grandes cantores são adeptos ao estilo, como Marília Mendonça, Maiara e Maraísa, Wesley Safadão, Jorge e Mateus, Henrique e Juliano, Zé Neto e Cristiano, Simone e Simaria, Gustavo Mioto, Mateus e Kauan, Gusttavo Lima e diversos outros nomes.

A sofrência no mundo feminino

O Sertanejo em si sempre foi um gênero marcado pelos versos mais românticos e sofridos, mas algo que deu bastante popularidade e consolidou mais ainda a sofrência foi a adesão das mulheres ao gênero. Marília Mendonça, conhecida como a Rainha da Sofrência, foi quem deu o primeiro impulso para que isso acontecesse. Apesar de ainda ser um gênero predominantemente masculino, as cantoras vêm conquistando espaço e trazendo um novo público ao mundo sertanejo: as mulheres.

As músicas cantadas por Marília Mendonça, Maiara e Maraisa, Simone e Simaria e outras mulheres que estão no universo do Sertanejo, tiram as mulheres de uma posição submissa e as colocam de forma emponderada, algo que se encaixa perfeitamente com o momento atual da nossa sociedade, que busca a igualdade entre homens e mulheres. Com as suas letras de emponderamento e que se encaixam no cotidiano de muitas mulheres, as cantoras conquistam cada vez mais espaço dentro do sertanejo e suas músicas fazem muito sucesso nas rádios e plataformas digitais.

As músicas mais ouvidas

As músicas de sofrência são tão populares que tocam a todos, até mesmo aqueles que não estão enfrentando nenhum problema amoroso, pois há tanta sinceridade e romantismo nas músicas que todos ficam adeptos à sofrência. Existem outros termos que são usados para definir essa categoria, como “Modão”. Independente da denominação, separamos algumas músicas para você escutar e entrar no clima dessa vertente do mundo Sertanejo:

Supera – Marília Mendonça

Não Abro Mão – Maiara e Maraisa

Dois Lados – Wesley Safadão

Coração Calejado – Jorge e Mateus

Liberdade Provisória – Henrique e Juliano

Ferida Curada – Zé Neto e Cristiano

Regime Fechado – Simone e Simaria

Pro Nosso Bem – Gustavo Mioto

Quarta Cadeira – Mateus e Kauan

Quem Traiu Levou – Gusttavo Lima

Agora você já tem uma playlist pronta e diversas sofrências para curtir.

Deixe seu Comentário

WebGo Content